28.1.13

Planando

Planando

Com as penas da vida fiz um par de asas. 
E se resta ainda alguma pena de mim, 
por favor, não me negue este presente. 
Ceda-me esta pluma para emplumar as asas.
Venha voando, subindo, se puder. 
Já bati o que tinha que bater. 
Sigo planando, no alto, olhando pra você.

Por @[100001745519198:2048:Alexandre Reis]
www.facebook.com/EscrevendoSemeando

* Imagem: Featherby ~HaitiKage (www.deviantart.com)

Com as penas da vida fiz um par de asas.
E se resta ainda alguma pena de mim,
por favor, não me negue este presente. 
Ceda-me esta pluma para emplumar as asas.
Venha voando, subindo, se puder.
Já bati o que tinha que bater.
Sigo planando, no alto, olhando pra você.
Por Alexandre Reis

Via Escrevendo e Semeando