24.5.13

O PODER DA MENTE

A mente humana é fantástica!
A partir da mente podemos vivenciar o Paraíso ou o Inferno.
O seu maior aliado ou inimigo é a mente. Domine-a ou ela te dominará.

É na mente que TUDO se inicia. Crenças, emoções, doença ou saúde, riqueza ou pobreza, felicidade ou tristeza.

Se você acreditar que vive num inferno, vai encontrar respostas que confirmem a sua realidade. Se por outro lado, acreditar que você vive num mundo de paz, é esta realidade que vai manifestar na sua vida, mesmo que o mundo estiver em guerra, você optou ficar em paz e assim será.

Alguns podem dizer, você é uma alienada, isto é impossível. Eu digo que é uma escolha e não alienação. Há muito tempo que não perco a minha preciosa energia com negatividades.
Todos tem o poder de sair do sofrimento SE quiserem. É uma escolha!
Querer é o primeiro passo para qualquer coisa que se propõe a realizar.

Dia desses comecei a me questionar sobre a nossa realidade em meio a tantas possibilidades, mundos paralelos, alienígenas, planeta prisão, conspirações… afinal o que é real? Onde está a verdade, em quem ou em que acreditar? E com tudo isso só tem uma resposta… a verdade é aquela que eu sinto no meu coração.

Desconfio que estamos num emaranhado quântico onde a realidade é elástica e responde ao que eu quiser que ela seja, simples assim. Se eu escolher viver num paradigma que diz nunca nada mudará pois sempre foi assim, assim será. Se eu escolher que eu posso criar o meu mundo com mais felicidade assim será. E onde estão estas escolhas? Na mente!

Seria Deus a Mente? Se tudo é criado a partir da mente, então a Mente é Deus? Se Deus for a Mente, todos temos Deus e portanto temos Poderes Divinos. Uau! Talvez tenhamos muito mais poderes que nunca nos foram ensinados ou nunca foram aceitos – e com este tipo de pensamento fui caçada, perseguida e queimada num passado remoto e muito provavelmente quem tem estes questionamentos também foi – por ser considerada heresia.

Manifeste a sua realidade, use sabiamente a sua mente e tenha uma ótima semana!

Este texto foi escrito por Rosangela Emi