22.9.13

Acredito que tudo na vida tem um tempo determinado.
Tempo de crescer, de amadurecer, de rever seus valores, suas ideias e crenças.
Tempo de se permitir, tempo de chorar, tempo de sorrir, tempo de ser do mundo, e tempo de ser sozinha.
Tempo de sofrer, tempo de perdoar, de si perdoar.
O tempo das lágrimas e (des)ilusões passou... Agora é tempo de viver, e não simplesmente viver por viver;tempo de experimentar, conhecer, descobrir, sorrir, abraçar, beijar...
Tempo de não ter vergonha, de querer bem, seja lá quem...
Tempo de querer com mais doçura, de cuidar com mais carinho,
Tempo de estar em paz: comigo, com você, com o mundo.
Aline Machado

Via Libélula Encantada