4.9.13

Confie sempre

Não percas a tua fé entre as sombras do mundo. Ainda Que Os Teus pés estejam sangrando, segue para a frente, erguendo-a por luz celeste, acima De ti mesmo. Crê e trabalha. Esforça-te no bem e espera Com paciência. Tudo passa e tudo se renova na terra, mas o que vem do céu permanecerá. De todos os infelizes os mais desditosos são os que perderam a confiança Em Deus e em si mesmo, porque o maior infortúnio é sofrer a privação Da fé e prosseguir vivendo. Eleva, pois, o teu olhar e caminha. Luta e serve. Aprende e adianta-te. Brilha a alvorada além da noite. Hoje, é possível que a tempestade te amarfanhe o coração e te atormente o ideal, aguilhoando-te com a aflição ou ameaçando-te com a morte. Não te esqueças, porém, de que amanhã será outro dia.

A sua irritação não solucionará problema algum…

As suas contrariedades não alteram a natureza das coisas…

Os seus desapontamentos não fazem o trabalho que só o tempo conseguirá realizar.

O seu mau humor não modifica a vida…

A sua dor não impedirá que o sol brilhe amanhã sobre os bons e os maus…

A sua tristeza não iluminará os caminhos…

O seu desânimo não edificará ninguém…

As suas lágrimas não substituem o suor que você deve verter em benefício da sua própria felicidade…

As suas reclamações, ainda mesmo afetivas, jamais acrescentarão nos outros um só grama de simpatia por você…

Não estrague o seu dia.

Aprenda a sabedoria divina,

A desculpar infinitamente, construindo e reconstruindo sempre…

Para o infinito bem!

Chico Xavier