20.11.13

Dez dedos unidos no Namastê.


O número dez é símbolo da perfeição, da unidade, do equilíbrio perfeito.
Os dez Mandamentos. As dez emanações da Árvore da Vida, Os dez vértices da estrela de Pitágoras.
Toda a criatura é um reflexo dos Dez Atributos Divinos: Apego, Bondade, Conhecimento, Entendimento, Esplendor, Harmonia, Perseverança, Realeza, Sabedoria, Severidade.
Namastê traz o Sagrado para dentro de cada ser humano, afirmando que Deus não está no céu, num templo ou mesmo na natureza. Deus está em tudo, em cada um de nós e qualquer dissociação da imagem do divino da nossa é inútil.
Ao fazer o Namastê, afirmamos que todos somos filhos e partes do Sagrado, indissociáveis e iguais.

Via Fonte Eterna