13.11.13

Só mais 5 minutos


No parque, uma mulher senta-se ao lado de um homem e diz:
- Aquele ali é meu filho, o de camisa vermelha no escorregador.
- Um bonito garoto - respondeu o homem - e completou:
- Aquela de vestido branco, na bicicleta, é minha filha.
Então, olhando o relógio, o homem chama a menina:
- Nicole, o que você acha de irmos?
- Mais cinco minutos, pai. Por favor. Só mais cinco minutos!
O homem concorda e Nicole continua pedalando sua bicicleta, para alegria de seu coração. Os minutos se passam, e o pai levanta-se novamente chamando sua filha:
- Hora de irmos, agora. Vamos?
Mas, outra vez, e garotinha pede:
- Mais cinco minutos, pai. Só mais cinco minutinhos...
O homem sorri e diz:
- Está certo.
A mulher, vendo a cena, comenta:
- O senhor é certamente um pai muito paciente.
O homem sorri e diz:
- Minha senhora, eu aprendi o valor do tempo. Perdi meu filho no ano passado. Ele foi atropelado por um motorista bêbado, quando andava de bicicleta perto daqui. Eu nunca passei muito tempo com meu filho e agora eu daria qualquer coisa por apenas mais cinco minutos com ele. Eu me prometi não cometer o mesmo erro com a Nicole. Ela acha que tem mais cinco minutos para andar de bicicleta, quando, na verdade, eu é que tenho mais cinco minutos para vê-la brincar.
(autor desconhecido)
Compartilhei esta conhecida história para refletirmos sobre o tempo. O tempo é o bem mais precioso que temos. Quando damos um minuto de nosso tempo em atenção a alguém, estamos dando um minuto de nossas vidas a estas pessoas. Valorize o tempo. Dedique tempo de qualidade às pessoas que você ama. Em tudo na vida estabelecemos prioridades. Quais são as suas?
Reflita sobre isto.
Paz e Alegria,
Carlos Hilsdorf