30.11.13

VOCÊ SÓ VAI SER FELIZ QUANDO FOR FELIZ

A felicidade verdadeiramente é o objetivo principal da nossa vida?

Todas as pessoas querem ser felizes. A felicidade parece ser o grande objetivo de vida e mesmo assim, a maior parte das pessoas procura a felicidade de formas indiretas.

Temos objetivos materiais tais como querer uma casa melhor, um automóvel melhor ou coisas luxuosas. Também temos objetivos acerca dos relacionamentos. Queremos sentir-nos seguros. Queremos ser capazes de nos expressar livre e criativamente. Alguns de nós podem até desejar poder, outros talvez procurem a fama. Mas se perguntarmos às pessoas, porque desejam estas coisas, a resposta última remete-nos para o mesmo ponto. Acreditam que quando obtiverem todas estas coisas, finalmente serão felizes.

Então porque não é objetivoprincipal criar felicidade?

Na verdade, se para cada um de nós o primeiro objetivo for a felicidade, em vez de ser o segundo, facilmente conquistamos tudo o que desejamos.

Muitas tradições espirituais ancestrais sabem que, se procuramos primeiro o objetivo mais elevado, tudo virá até nós e, causas exteriores para obter felicidade nunca criam a verdadeira alegria.

Alegria é um estado interior de consciência que determina como percebemos e experienciamos o mundo. A fonte interna da alegria, a nossa conexão com o Criador, a nossa Fonte, o nosso Ser Interior, é a causa, enquanto a felicidade é o efeito.

Felicidade é um estado de consciência que já existe em nós, mas está quase sempre encoberto por todo o tipo de distrações. Condicionamentos sociais e consciência restrita mantêm-nos longe do brilho deste reino dos céus encoberto nas profundezas do nosso coração. Mas podemos elevar-nos acima das nuvens dos condicionamentos e redescobrir a fonte da alegria dentro de nós.

Após a descoberta desta alegria maravilhosa, coisas miraculosas começam a acontecer. A expressão de felicidade traz um senso de conexão com o poder criativo do universo. Conseguindo essa conexão, sentimos que nada pode nos parar e impedir de conseguir qualquer coisa que se desejamos.

Quando a nossa vida é a expressão de um estado interior de felicidade, descobrimos um imenso reservatório de poder em nós. Este poder nos liberta do medo e das limitações e permite realizarmos a abundância que sempre aspiramos, permite a realização espontânea do desejo.

Ainda mais importante, este poder nutre todos os nossos relacionamentos e os torna realmente enriquecedores. Tornamo-nos faróis de luz e de amor e basta a nossa presença para nutrir o ambiente à nossa volta.

Quanto mais vivemos num estado de felicidade mais experienciamos a realização espontânea do desejo na forma de sincronicidades e coincidências plenas de significado.

Isto é chamado estado de graça. Mas esta não é a história toda.

Felicidade é um objetivo para chegar a outros objetivos, pois o que realmente aspiramos, para além da felicidade, é entender o mistério da nossa existência.

O Ser Interior de qualquer ser humano, espera pacientemente até este estar pronto. Quando o ser humano está pronto, o seu Ser Interior estende um convite para entrar no luminoso mistério da Existência, no qual todas as coisas são criadas, nutridas e renovadas.

Na presença deste mistério nós não só nos curamos a nós mesmos, como curamos o mundo e o mundo tem estado à espera da nossa transformação porque também deseja a transformação.

Quando nos transformamos o mundo transforma-se porque nós e o mundo somos Um.

Comecemos esta jornada agora.

Deepak Chopra